Skip Navigation Links



Translate this page now :



»Programação
»Programação.NET
»Banco de Dados
»Webdesign
»Office
» Certificações Microsoft 4
»Treinamentos4
»Programação 4
»Webdesign«
»Office & User Tips«
»Grupos de Usuários
»Células Acadêmicas«

Palm ou pão
Você já está cadastrado e participa do grupo de usuários de sua cidade ? Se não, comente o porque.
 
 
Faça um pequeno teste com 10 questões de VB
.:.
Teste seus conhecimentos em Visual Basic, SQL Server e ASP 3.0 com nossas provas on-line
.:.
Aprimore seus conhecimentos em programação com nosso treinamento on-line de lógica de programação
.:.
Veja nosso calendário de treinamentos
Gostou da Página?
Então

para um amigo!

Pesquisa personalizada
Pesquisar Dicas:

 






Blogosfera - Admirável Mundo Novo

Introdução

Lembro que quando comecei a acessar a internet pela primeira vez fiquei dias, talvez semanas, imerso na novidade, descobrindo, descobrindo e descobrindo, sendo que isso me valeu um grande leque de conhecimento.

Agora é a vez da Web 2.0. Tenho que confessar que há algumas semanas estou imerso em descobertas sobre a Web 2.0.

"Só agora ?!" - Exclamarão vocês

Eu explico : Não estou falando da Web 2.0 como vocês a vêem, com Ajax, Silverlight e tudo quanto é tecnologia do gênero. Estou falando da Web 2.0 voltada a comunidade, ao usuário final e seus resultados na sociedade. Pelo menos para mim, minhas observações e descobertas de como anda esta evolução foram valiosas, então as estou compartilhando.

Existem ai embaixo um sem número de links que seguidos levarão a outro sem número de links e assim por diante, totalizando 152.347 links para novas informações. Está tudo ai, eu contei.

Portanto este texto não é um texto para ser apenas lido. É um texto para ser digerido, degustado calmamente, podendo sua leitura completa levar semanas.

Espero que gostem !

 

Maravilhoso Novo Mundo

Vou começar com um pouco de bla,bla,bla, somente para situar o tema e vocês entrarem no rítimo daquilo que vou explicar. Espero que gostem da novidade.

Estamos na era da informação (bla,bla,bla). O trabalho e a velha CLT estão sendo substituidos por um mundo de troca de informações, onde a informação se torna mais importante do que o trabalho em si. Saber como fazer se torna mais importante do que fazer, pois o fazer muitas vezes passa a ser feito por máquinas (bla,bla,bla).

Mas a grande questão para essa nova era emplacar é : Como a era da informação poderá substituir, em termos capitalistas ($$$) a era do trabalho, se "todos" que tentam hoje ir contra a liberdade de informação (gravadoras, estúdios de cinema) esbarram no problema da pirataria x direitos autorais ?


O segredo está com as ferramentas de busca. Isso mesmo. As ferramentas de busca, como o google, tem um poder ainda não imaginado por muitos de nós (e gostaria da opinião/confirmação de vocês se, ao final do texto, a visão de vocês sobre o assunto estará um pouquinho diferente)

Funciona assim :

Alguém produziu um produto e deseja divulga-lo na web.

Contrata então um serviço do google chamado adWords . Esse serviço fará com que anúncios apareçam junto das buscas, ao lado, sempre que alguém fizer uma busca por alguma palavra chave ligada ao produto em questão. Ficará claro para o usuário que trata-se de um anúncio, mas o produto tem grandes chaces de interessa-lo.

Se o usuário clicar no anúncio, o anunciante paga por ele.

(Bla, bla, bla) E dai ?

Há tempos o adWords não funciona mais apenas no site de busca do google, mas também em sites parceiros. Um site sobre flores, por exemplo, pode ter um anúncio do adwords de uma floricultura. Existem milhares de sites parceiros filiados.

(bla) E dai ?

O programa de afiliação chama-se AdSense. Qualquer site ou blog pode ser inscrito no AdSense.

Através de um código fornecido pelo próprio google, o site ou blog pode inserir anúncios do google. Para cada click que for dado nos anúncios, o dono do site acumula um determinado valor. Ao atingir us$ 50,00, o dono do site recebe, no mês seguinte, o valor acumulado.

Parte ainda mais interessante é o fato de que os anúncios são diretamente ligados a indexação. Quer dizer : O google vai analisar sobre o que você está escrevendo e publicar anúncios relacionados com aquilo que você está escrevendo, fazendo com que os anúncios sejam importantes para seus leitores e consequentemente aumentando a rentabilidade.

(!) Mas ainda é pouco...

Claro, se você ficar restrito a US$ 50,00 isso é muito pouco. Mas o fato é que isso não se iniciou hoje. Isso se iniciou há anos e por algum motivo (!) a comunidade tecnológica ficou andando as margens disso, sem conhecer.

Existem especulações de que alguns grandes ProBloggers - blogueiros profissionais - tal como Edney (site Interney) e Carlos Cardoso (que também produz o Contraditorium e que tive o prazer de conhecer, meio que "virtualmente", desde a época das BBSs) chegam a conseguir tirar, somando adSense e outros programas de afiliação, alguns mils doláres. Piadas não faltam, como a de que o Edney estaria acendendo charutos cubanos com os cheques do adSense :-)

Links mais consistentes, porém são esses : http://www.contraditorium.com/2007/05/31/no-sou-o-bruno-alves-mas-o-bluehost-tambm-gosta-de-mim/ e http://www.efetividade.net/2006/12/08/entrevista-com-carlos-cardoso-dedicacao-exclusiva-aos-blogs-com-bons-rendimentos/ mas observem que um deles é do final do ano passado.

Bruno Alves, creio eu, não pode ser chamado de proBlogger, pois tem trabalho a parte, a vampira Nospheratt eu não faço idéia do quanto consegue ganhar, mas com o seu blog sendo a porta de entrada para todos que querem conhecer esse admirável mundo novo, ela não deve estar ganhando pouquinho não...

Outros links muito bons para se ter números foram gerados pela Cris Zimmerman, observando o post do Cardoso e do Celso Junior

(!!!) Então ganha-se tudo isso ?

Ganha-se tudo isso apenas trabalhando com blogs !

Essa é a idéia da nova era da informação : que aqueles que produzem informação possam se dedicar aquilo que sabem fazer, produzir informação, enquanto que as ferramentas de busca e os recursos da própria web se encarregam de fornecer a esta pessoa uma rentabilidade adequada de acordo com a informação produzida.

Com isso teremos informação de qualidade produzida por especialistas que podem se dedicar a isso e serem pagos pela relevância da informação produzida.


Como funciona ?

Primeiramente você cria um blog.

Mas não em qualquer lugar, criar no MySpaces não vai adiantar nada. Os melhores lugares são no Blogger ou no WordPress.

Por que especificamente esses dois ? Porque esses dois são muito mais do que simples criadores de blogs mas sim uma plataforma de blogs muito, muito extensa. Eles possuem praticamente (ou talvez bem além do praticamente) uma linguagem de programação própria que pode ser utilizada dentro da definição do modelo do blog de forma a organizar as informações do blog da forma como você deseja.

É consenso que o WordPress fornece mais recursos do que o Blogger, mas quem está começando acaba caindo no Blogger, como eu. Ainda não encontrei uma limitação grande o suficiente no Blogger que me obrigue a mudar. Uma coisa que me chamou a atenção é o fato do blogger hospedar seu blog, atuar apenas neste formato, enquanto que o WordPress pode ser instalado, como software, em qualquer hospedagem. Entre blogueiros conhecidos, Nospheratt é um exemplo de uma que usa blogger.


Personalize seu blog

Depois de criado o blog e realizados alguns primeiros posts, você começa a personaliza-lo. Isso porque nem no Blogger nem no WordPress o blog já é criado em um formato, digamos, adequado.

Com base em minha experiência com o Blogger, veja o que você pode fazer :

- Escolher um layout adequado. Minha recomendação é que seja um layout que aproveite o máximo possível dos espaços do blog.

- Personalizar o formato de cada post. Um pouco de embelezamento e organização não fazem mal

- Criar uma lista dos últimos posts publicados (incentiva navegação e permanência).

- Criar uma lista dos últimos comentários publicados (incentiva navegação e permanência)

- Inserir um contador de visitas

- Criar um gerenciador de TrackBacks - Você saberá quando alguém linkar um post seu


Muitos desses elementos são inseridos através de Widgets. Widgets são como pequenos componentes (que na verdade são blocos de código) que podem ser inseridos dentro do seu modelo do blog e acionados do local que você desejar.

A parada obrigatória para conhecer isso tudo é o Blogando por Dinheiro da Nospheratt.


Comece a participar dos programas de Afiliação

O adSense, que expliquei em detalhes ali em cima, nada mais é do que um programa de afiliação. Mas não é o único, você não precisa depender dele.

Os principais são :

Google
Jacotei
Mercado Livre
UOL
Buscapé


Exatamente nesta ordem de prioridade, sendo que o Buscapé está sendo abandonado por inúmeras desavenças com blogueiros, o Mercado Livre é burocrático e o UOL não tem o nível de contextualização que o google possui.

Procure também programas de afiliação no seu provedor.

Precisa dizer que no Blogando por Dinheiro mais uma vez a Nospheratt dá um show de informações sobre este tema ?

Explica detalhes sobre as modalidades do AdSense e como utiliza-lo, indica várias pessoas que criaram ferramentas gratuitas para o uso do JaCotei e por ai vai.


Divulgando o blog e o que rola por ai

A melhor maneira de divulgar o seu blog é se enturmar na blogosfera. Um artigo do Cardoso mostra que a blogosfera não é uma panela fechada.

Então você precisará estar por dentro do que acontece na blogosfera :

Escrever para paraquedistas ou escrever para leitores

É um grande dilema que cerca os blogueiros, já que os paraquedistas dão mais dinheiro, enquanto os leitores são uma base fixa mas que permite você escrever sobre o que você gosta.


O cinema e os blogs

O cinema já descobriu a força dos blogs e os blogueiros agradecem. Os grandes lançamentos tem sido realizados com uma sessão reservada a blogueiros. Aconteceu com Duro de Matar 4.0, aconteceu com Transformers e com Paranóia. Se você viu esse filme, saiba que alguns blogueiros, exatamente do Rio de Janeiro, viram primeiro e comentaram em seus blogs, atraindo mais e mais público para estes filmes.

Uma Bela blogueira na playboy

Surgiu na blogosfera uma campanha para que seja feita a primeira capa da playboy com uma blogueira nacional. Muita gente aderiu. Ainda não houve avanços, mas quem sabe ?


A responsabilidade do leitor sobre aquilo que lê

Um bom e interessante debate que vocês podem ver com a mensagem do Cardoso e da Nospheratt, com muito humor claro, o comentário "a semana em que a vampira virou um pé de salsa" descreve bem o debate.


Os absurdos do Estadão

É interessante como ninguém, absolutamente ninguém aqui no TheSpoke nem ao menos comentou o fato de que um dos maiores jornais do país nos chamou de macacos na televisão.

Nem para concordar, nem para discordar, o fato passou completamente em branco aqui no TheSpoke. Mas na blogosfera não, e a coisa ferveu.


BlogCamps

Encontros pessoais daqueles que estão por trás dos blogs. Tem acontecido em todo o país, com o objetivo de debater a organização da blogosfera, ética, o que fazer e não fazer, como jogar uma bomba no prédio do Estadão, e coisas simples assim.

A conferência Blogueiros x Estadão

A blogosfera atingiu uma força tão grande que conseguiu forçar um dos maiores jornais do país, o Estadão, a descer de seu pedestal e chamar blogueiros - isso mesmo, blogueiros - para debater.

A força foi tão grande que até mesmo influenciar na escolha dos blogueiros participantes a blogosfera conseguiu.

Porém, lamentavelmente, o resultado foi pífio : perante pessoas "importantes" os blogueiros se atrapalharam e geraram um resultado, no mínimo, bobo.

Vejam links :

http://www.interney.net/?p=9760282

http://www.contraditorium.com/2007/08/31/parem-o-mundo-que-quero-descer-blogueiros-nao-sabem-debater/


Sites de Comunidade

São sites que permite ao usuário, leitor de blog, indicar quais blogs mais gosta, quais textos mais gosta, e por ai vai. Com isso um blog pode se tornar mais visível na comunidade a partir de sua participação nos sites de comunidade.

São eles (os que conheço até agora) :

BlogBlogs
Rec6
Linkk
Ueba
Technorati
Del.icio.us
Digg

Stumble Upon

Cada um destes sites possui seus serviços personalizados, mas aqui especial atenção no Technorati, que é um dos mais utilizados - senão o mais utilizado - e possui serviços que o destacam fortemente desta categoria - quase criando uma categoria só para ele.

Não é por menos que uma das janelinhas do live spaces tem a cara da interface do Technorati


Controle de Feeds

O FeedBurner é onipresente na blogosfera para o controle de feeds. Como assim ?

Simples, se alguém assinar seu RSS diretamente, normalmente você não ficaria sabendo. Mas através do feedBurner, pelo que entendi até agora, ele intermedia a entrega do seu RSS de forma que você consegue ter uma contagem de assinantes.

Não venha comparar com TheSpoke, onde a assinatura é via e-mail. Além disso, o feedBurner, pelo que sei, faz via e-mail também, se muito não estiver enganado.


Cadê a Microsoft nisso tudo ?

Pois é, cadê ?

A Microsoft ficou muito conhecida por ter perdido a onda da web quando esta surgiu, posteriormente conseguindo se recuperar. Agora, mais uma vez, ela perdeu outra onda, a onda da Web 2.0

A única coisa que a Microsoft possui em relação a todos esses recursos da era da informação é o Microsoft AdCenter, levemente semelhante ao AdWords, ou seja especialmente para anunciantes.

O AdCenter insere os anuncios ao lado das pesquisas do Live.com . Só. Como não existe nada semelhante ao AdSense, não há como fornecer espaço em sites de parceiros, geradores de informação.

Opinião totalmente pessoal : A Microsoft já percebeu que ficou para trás. Eles são bobos de sairem atrasados, mas não tanto para deixarem de ver que aconteceu. Agora ela quer entrar para massacrar. Ao criar o AdCenter, ela cria uma competição para pegar anunciantes do google. Se conseguir, o sistema existente irá automaticamente gerar uma queda nos valores pagos por anuncio (trata-se de um sistema automático ligado a relação de oferta/procura) e consequentemente uma queda do valor pago aos parceiros do AdSense.

Quando tal queda chegar em um nível que a MS considere adequado, entrará de sola com seu concorrente ao AdSense. Desta forma, devido a recente queda dos valores no AdSense, muitos parceiros migrarão para a ferramenta da MS ou usarão as duas, criando um equilibrio no mercado e desestabilizando o concorrente.

Porém, e é claro que posso estar enganadissimo, a visão de negócios americana é muito restrita. O AdCenter só existe em inglês, até onde eu saiba. Além disso, o UOL já está no mercado. O UOL não tem a eficiência de um grande buscador como o google, mas a partir do momento em que o UOL permitir uma melhor contextualização dos anúncios, imediatamente quando ocorrer queda de valores no google os parceiros vão para o UOL. Quando a Microsoft finalmente der o ar da graça e olhar para a américa latina, descobrirá que o mercado tem um sem-número de concorrentes latinos que ela não havia previsto em sua estratégia anti-google.

Continuando com essa questão de puro achismo e opinião, a Microsoft definitivamente não precisa deste mercado. O mercado de software para ela já é mais do que suficiente, para que entrar em um mercado que é voltado ao usuário final (e um bando de salsichas) ?

Talvez fizesse melhor se não tentasse atacar este mercado, desestabilizando uma evolução que vai muito além de uma simples nova tecnologia, que pode, quando menos esperarmos, nos trazer uma alternativa mais viável ao atual capitalismo. (sim, eu sou um pouco exagerado).

Dicas Finais

- Envolva-se na blogosfera. Já estão surgindo diversos oportunistas criando eventos para ensina-los a ganhar dinheiro com blogs, quando na verdade eles próprios não estão envolvidos neste mundo. Esteja atento a quem são as pessoas que vão passar informações para você. Eu próprio sou novato na blogosfera, meu blog em http://blog.dennestorres.com.br foi criado a pouco tempo e avançou bastante com as dicas do site da Nospheratt

- Não faça besteira. Plágio, por exemplo. Não pense que ninguém está olhando, todos estão olhando e você está sujando seu nome. Você só tem um nome (espero eu), não suje.

- Mesmo indicando a fonte das informações, blogs que apenas copiam informações de um lugar para outro não são bem vistos. Em um blog você precisa expressar sua opinião, dizer o que pensa, acrescentar algo. Se seu blog nada acrescenta, então porque ele deve existir ?

Concluindo

Nós, que trabalhamos com tecnologia e mais especificamente com tecnologia Microsoft, criamos uma panela tão fechada em torno de nosso trabalho que tal panela acabou por nos prender e não vimos uma evolução tão grande passando ao nosso lado.

Que isso nos sirva como um grande aprendizado.

Por fim, se agora vocês assistirem a esse vídeo, depois de ter digerido - não lido, mas digerido - o conteúdo acima, com certeza verão o vídeo com outros olhos

Bem Vindos ao Novo Mundo

 

 





Envie seus comentários sobre este artigo

Nome :

E-mail :

Comentários :


Avise-me quando houverem novos comentários nesta página

Veja abaixo os comentários já enviados :

Nome : Thiago Santana E-Mail : thiago@outromodelo.com
Bom texto, realmente precisa-se de bastante tempo pra ler e estudar todos os artigos onde os links levam.

Valeu
Nome : MHj4CBnbo1kL E-Mail : 3myfvqo2@mail.com
Muito bom Beto. Sem vocea jamais temiaros estes momentos registrados. Espero que a ABES tenha como armazenar este acervo para no futuro relembramos o nosso passado. As coisas boas que estamos fazendo Uma abrae7o, Vitorio.
Nome : 1 E-Mail : 1
-1'
Nome : -1' E-Mail : 1
1
Nome : 1 E-Mail : -1'
1
Nome : 1 E-Mail : 1
1
Nome : 1 E-Mail : 1
1
Nome : 1 E-Mail : 1
1

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Conheça mais sobre o nosso site :

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::



Quer saber mais?
Faça um curso na Búfalo Informática, Treinamento e Consultoria e
Prepare-se para o Mercado!
Veja o que a Búfalo tem para você.

� Búfalo Informática, Treinamento e Consultoria - Rua Álvaro Alvim, 37 Sala 920 - Cinelândia - Rio de Janeiro / RJ
Tel.: (21)2262-1368 (21) 9240-5134 (21) 9240-7281 e-Mail:
contato@bufaloinfo.com.br